Music -- Lounge

Março 17 2010

Ponto prévio: a sala principal da Casa da Música, Suggia, surpreende-me cada vez que a visito. E este concerto dos Yo La Tengo elevou ainda mais a minha admiração pelo espaço. Conseguir suportar na perfeição a porrada sónica que os Yo La Tengo debitaram não está ao alcance de muitos locais de espectáculo.

 

O mote para a visita da banda era a apresentação do mais recente disco "Popular Songs", mas não se ficaram por aí. Com uma plateia muito perto de esgotada verificou-se que grande parte dos presentes eram fãs old-school -  a meio do espectáculo não se contiveram e libertaram-se da prisão das cadeiras e correram para as zonas laterais para dar largas a toda a loucura instalada. Loucura essa, provocada, em grande parte, por Ira (vocalista, guitarrista, teclista) que transbordava noise à la Sonic Youth.

 

O concerto desenrolou-se entre as criações mais melódicas, psicadélicas e experimentais. Num dos raros momentos de pausa, Ira relembrou um inesquecível concerto - dado em 1992 no Hard Club em Gaia - onde actuaram apenas 10 minutos por imposição da polícia.

 

Ver Yo La Tengo em palco e a explosão que debitam assemelha-se, e muito, ao que os Sonic Youth fazem. Foram duas horas e dois encores de lição sónica arrasadora.

 

 

 

publicado por music--lounge às 12:38
Tags:

Sala de estar onde a musica entra por todo o lado
hilikus@Lounge
subscrever feeds
Posts
Mixcloud Podcasts
Alta Rotação
Arcade Fire - Reflektor

Arctic Monkeys - AM
Palavras...
"My main musical influences? Love, anger, depression, joy and dreams......and zeppelin!" - Jeff Buckley
pesquisar
 
arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Visitas
blogs SAPO