Music -- Lounge

Maio 13 2010

Excerto da reportagem para revista Checksound.

Reportagem completa AQUI

 

Há muito tempo que não se via uma Queima das Fitas do Porto tão musicalmente interessante. As confirmações de Franz Ferdinand e Crystal Castles provocaram uma grande onda de entusiasmo na comunidade académica - já cansados da repetitividade dos cartazes de anos anteriores.

 

Tudo começa com a invasão ao centro da cidade para se assistir à Monumental Serenata - marcada, sempre, para as praxistas 00h01 de Domingo. É neste momento que caem as primeiras lágrimas: pela despedida da vida académica ou pelo início de uma. Capas são traçadas pela primeira vez e todos recordam um ano cheio de emoções.

 

Por este motivo, a chegada ao Queimódromo acontece já com o concerto de Tiago Bettencourt & Mantha nos últimos suspiros. Aos poucos, a enorme maré de capas negras, presente na Serenata, começa a chegar ao local dos concertos. O recinto compõe-se e torna-se já difícil ter um bom lugar para assistir a Crystal Castles.

 

A dupla canadiana Alice Glass (voz) e Ethan Kath (sintetizadores) traz na bagagem um álbum de estreia bem recebido nos corredores indie-electro e um novo trabalho a poucos dias de ser editado.

 

Para a actuação ao vivo contaram com um elemento a mais em palco: um baterista para dar ainda mais músculo às canções. A entrada em cena é feita sob uma enorme ovação e a expectativa cresce para ver se a fama de destabilizadores de palco se comprova ou não. Não foi preciso esperar muito e logo na primeira bomba electro chamada “Baptism” (do novo disco) o caos instalou-se. Alice desloca-se, desde logo, para as grades – onde iria estar grande parte do concerto - atiçando a plateia para um furacão de dança demolidora. A conjugação de efeitos de luzes rápidos com as músicas curtas e directas proporcionou uma enorme noite rave.

 

Foram muitos os momentos de exaltação: veja-se a combinação vencedora de "Doe Deer" seguida de "Celestica", ambas do novo disco. Mas foi nas emblemáticas "Courtship Dating" e "Alice Practice" (esta última um sucesso por cá muito graças à série Skins) que o recinto explodiu numa caótica festa. Sem dúvida a melhor forma de começar a Queima de 2010.

 

Ao terceiro dia, segunda-feira, chega o concerto mais aguardado da Queima 2010. Numa confirmação que deixou tudo e todos de boca aberta, Franz Ferdinand subiram ao palco perante um Queimódromo a arrebentar pelas costuras. Nas anteriores passagens por Portugal, a banda deixou sempre rendida a crítica e público pelas actuações frenéticas e festivas.

 

Desta vez, no último concerto de uma extensa tour, foi notório um cansaço em todos os elementos. Não se pode dizer que não tentaram, bem pelo contrário. Alex Kapranos, carismático vocalista, várias vezes tentou combater o desgaste com saltos esforçados; o cansaço levou sempre a melhor. Contudo, para quem estava, pela primeira vez, a assistir a um concerto de Franz Ferdinand por certo ficou rendido. Desde logo porque o alinhamento se centrou, maioritariamente, no primeiro (e marcante) disco com músicas como “Jacqueline” (a abrir o concerto), “Auf Achse”, “The Dark Of Matinee”, “Michael”, entre outras.

 

O alinhamento prosseguiu pelos restantes dois discos com “The Fallen”, “Do You Want To”, “Ulysses”, “No You Girls” e “What She Came For”.  Pelo meio, tempo ainda para uma jam de percussão com os quatro rapazes da Escócia, juntos, no centro do palco.

Na memória ficará, certamente, a enorme loucura no recinto durante as viciantes “Take Me Out” (um dos grandes hinos da década) e “This Fire”.

 

Os Franz Ferdinand nunca darão um espectáculo aborrecido e, por isso, foi um concerto que para quem conhecia serviu para matar as saudades; para quem não conhecia ficou fã.

publicado por music--lounge às 22:12
Tags:

Sala de estar onde a musica entra por todo o lado
hilikus@Lounge
subscrever feeds
Posts
Mixcloud Podcasts
Alta Rotação
Arcade Fire - Reflektor

Arctic Monkeys - AM
Palavras...
"My main musical influences? Love, anger, depression, joy and dreams......and zeppelin!" - Jeff Buckley
pesquisar
 
arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Visitas
blogs SAPO