Music -- Lounge

Maio 30 2010

Quarto texto da inteira responsabilidade da (sempre) atarefada Pinipon:

 

Mil Culturas em voz angelical

 

E é de uma forma contagiante que a aclamada nova estrela do pop nos puxa à dança durante os seus concertos. Mas engane-se quem acha que esta é americana ou europeia. A China chegou bem alto mais uma vez, e agora foi pelo meio musical.

 

Sa Dingding. É assim que se chama a nova rainha do momento. Proveniente da Mongólia, a “Björk chinesa”, passou a sua infância a viver nas montanhas com a sua avó até se tornar numa adolescente nómada e autodidáctica. Aprendeu sozinha o Sânscrito – idioma litúrgico do Budismo e Hinduísmo – e o tibetano. Senhora de uma voz aguda e tipicamente asiática, tem talento para dar e vender.

 

O seu a vontade e talentos com vários idiomas, abriram-lhe portas a diferentes culturas para os lados do longínquo Este, introduzindo também por sua vez, a cultura ancestral nas sociedades ocidentais.

 

Ficou conhecida como sendo a melhor cantora de música dançável, não só pelo seu aspecto irreverente, mas também por ter tido a sorte da sua música “Holy Incense” ter feito parte do filme “Prince of the Himalayas” em 2006.

Em 2007 lança “Alive”, considerado pela crítica, como sendo o seu melhor álbum editado.

 

Vencedora do BBC Radio 3 World Music Award em 2008, a música de Sa Dingding representa a China moderna, combinando de um modo radiante, ritmos de diferentes regiões da Ásia incluindo o Tibete e a Mongólia com a electrónica do Oeste e influências de música clássica e soul. O resultado desta mistura no mínimo estranha? Um riquíssimo tapete de música étnica, de escape e eclética que difere de tudo o que já foi feito por este Mundo fora.

 

O seu mais recente álbum, “Harmony” foi lançado em Janeiro do presente ano e contém nove melódicas músicas cantadas em chinês, que entram num ápice no ouvido.

 

Acompanhada de um baixista, baterista, teclista, tocadores de instrumentos tipicamente asiáticos como baile e guzheng e senhora dona de uma beleza leve e angelical, Sa Dingding faz deste inexplorado Mundo, uma experiência maravilhosa recheada de prazer inesperado.

 

Esteve recentemente presente no IX Festival Internacional pela tolerância, “Múrcia Três Culturas” em Múrcia Espanha que tenta, através de concertos, colóquios, cursos e cinema mostrar um pouco de culturas pouco exploradas que são, ainda, desprezadas na nossa sociedade.

 

publicado por music--lounge às 21:35

Sala de estar onde a musica entra por todo o lado
hilikus@Lounge
subscrever feeds
Posts
Mixcloud Podcasts
Alta Rotação
Arcade Fire - Reflektor

Arctic Monkeys - AM
Palavras...
"My main musical influences? Love, anger, depression, joy and dreams......and zeppelin!" - Jeff Buckley
pesquisar
 
arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Visitas
blogs SAPO